+zero

arquivo de July, 2011

amigóide @ Estado de Minas

postado em 25 de July de 2011 por – deixar um comentário

amigóide @ JT

postado em 24 de July de 2011 por – deixar um comentário

amigóide @ link do estadão

postado em 18 de July de 2011 por – deixar um comentário

Crianças e amigóide

postado em 14 de July de 2011 por – deixar um comentário

ı˝ saravá o reino de umbanda! video resposta do [+zero] ao prêmio pipa – editado!

postado em 5 de July de 2011 por – deixar um comentário

que benção! que alegria!

tags: , , , , ,

∫Ó página do [+zero] no prêmio pipa atualizada!

postado em 5 de July de 2011 por – deixar um comentário

atualização da página do [+zero] no prêmio pipa
a página do [+zero] no prêmio pipa 2011 foi atualizada com o nosso video-resposta! saravá o reino de umbanda!
http://www.premiopipa.com.br/?page_id=11050

tags: , , , , ,

Alguém entende o Amigóide

postado em 4 de July de 2011 por – deixar um comentário

Link do  blog The Creators Project:

Os anos 60 nos ensinaram a temer robôs. Nos anos 80, quando Ridley Scott filmou Blade Runner, a possibilidade de se relacionar com eles se popularizou. De lá pra cá, os robôs conquistaram seu espaço social—na educação e nas comunicações em geral. Depois da nossa lista de robôs bizarros, achamos por bem mencionar os esforços de amabilidade das máquinas humanizadas. O Amigoide cabe nessa categoria.

Não se trata de um humanoide, mas sim de um cilindro preto que emula uma característica específica dos seres humanos, a capacidade de fazer amigos. Seu cérebro e coração são programados em um Arduíno que controla os movimentos e falas do autômato. O que você pode fazer para interagir com ele? Não muito. Desenvolvido como peça de arte, o Amigoide pretende criticar a efemeridade das relações contemporâneas e a superficialidade com que travamos amizades—pedidos de amizade em redes sociais também ilustram o fenômeno. Assim, a dinâmica da relação consiste em se fechar com outras dez pessoas em uma sala branca e esperar que o robô te aborde errando seu nome. Insistindo na impessoalidade das aproximações, o Amigoide chama todo mundo de Fábio antes de disparar outros chavões em sequência aleatória. A aproximação é controlada por sensores de movimento no exterior do cilindro, mas também obedecem a um algorítmo de relacionamento pré-programado.

O Amigoide não parece representar qualquer inovação no campo da robótica. Ele também não se esforça para parecer um humano. O formato, cilíndrico como uma lata de lixo, é propositalmente desumano. Para medir as reações dos interlocutores, padrões de cor se alternam em luzes LED que revestem o corpo do robô. A ideia é que as lâmpadas demonstrem os ‘sentimentos’ do Amigoide, pré-programados e aleatórios como os nossos em tempos de relações cibernéticas.

O Amigoide foi desenvolvido pelo coletivo de arte computacional baseado em São Paulo Cayce Pollard.

˛Ç amigóide no sptv, da rede globo

postado em 4 de July de 2011 por – deixar um comentário

o plano de dominação total em curso!

tags: , , , , , , , , ,

a paquera do robozinho amigóide

postado em 2 de July de 2011 por – deixar um comentário

Seja você também um amigo

postado em 1 de July de 2011 por – deixar um comentário

Agora você tem a chance de entrar para o seleto grupo de amigos do Amigóide, o Autômato em Busca de Amizade. Basta adicioná-lo no Facebook e desfrutar de momentos de amizade absoluta com este que já é o mais interativo autômato da história da robótica brasileira. Até 4 de setembro no Itaúcultural.